6.1 – Estrutura:

   A estrutura da construção é constituída de painéis metálicos, composto de perfis de aço conforme dimensionamento dado pelas normas técnicas da AISI – American Iron and Steel Institute de 0,95 mm de espessura, com revestimento anticorrosivo zincado por imersão a quente.

  Os perfis são fixados entre si, através de parafusos autobrocantes, compondo painéis de paredes, lajes de piso/forro e estrutura de telhado. Constituindo dessa forma, um conjunto único de grande resistência e apto a absorver as cargas e esforços solicitados pela edificação e agentes da natureza (vento, chuva, etc.)

  O dimensionamento e espaçamentos padronizados dos perfis estruturais seguem também a normalização da AISI e são definidos conforme necessidade do projeto arquitetônico e estrutural.

  Demais elementos estruturais como cantoneiras e fitas de aço, utilizados para rigidez e contraventamento são compostos do mesmo tipo de aço dos perfis. A estrutura de aço é ancorada junto à fundação com parafusos e pinos específicos.

  A estrutura dos sistema LSF é composta basicamente de perfis montante (comercialmente conhecido como U enrijecido) que são utilizados em montantes e vigas e perfis guias (comercialmente conhecido apenas como U).

  O aço utilizado para obtenção destes perfis é mais usualmente o Z280 que leva um tratamento anticorrosivo por imersão em zinco quente ou liga zinco-alumínio que permite garantir a durabilidade das peças metálicas durante centenas de anos. Testes realizados indicam que na situação a qual o aço é empregado deste tipo de construção sua durabilidade pode chegar a 3 mil anos.

  Sua comercialização é feita pela indústria siderúrgica em forma de bobinas com 1,20m de largura que posteriormente são cortadas (slitadas) em tiras de menor largura e moldadas a frio em perfiladeiras na forma desejada

Os perfis variam tanto em espessura como na dimensão da alma. Quando utilizado em paredes variam de 90mm a 140mm de largura e de 0,8mm a 1,25mm de espessura. Na utilização em Lages variam de 200mm a 400mm de largura e 0,95mm a 2,5mm de espessura.

A engenharia utilizada é voltada para que o prédio, além de suportar as cargas verticais, resista a fenômenos sísmicos. Para permitir a flexibilidade necessária para garantir esta estabilidade todos os elementos metálicos são aparafusados entre si.

O revestimento do esqueleto metálico é mais freqüentemente realizado com placas OSB que também contribui para o suporte de esforços verticais e horizontais.

6.2 – Vedação e Fechamentos:

A Vedação/Fechamento externo dos Frames de parede e telhado (Sheating) com chapas OSB de espessura = 10mm dimensionados pelas normas técnicas da AISI, e na laje com OSB 18mm (subfloor) e OSB 12mm (underlayment), que contribuem de forma importante no contraventamento da estrutura.

  As chapas são fixadas diretamente nos perfis estruturais com parafusos, sobre manta impermeável justaposta ao perfil. As juntas das chapas são tratadas com produtos especificados pelo fabricante.

  Revestimento interno das paredes e tetos com chapa gesso acartonado 12,5mm, acabados com fita, massa  e fixadas diretamente nos perfis com parafusos;

  No interior das paredes internas e externas e laje de pavimentos, é feito isolamento termo-acústico com feltro em lã de vidro ou de rocha, cerca de 5 vezes superior ao sistema convencional. Permite ainda uma melhor troca de ar da construção, mantendo bons índices de temperatura e umidade. 

6.3 – Stocco

É um monocomponente, polímero-modificada, argamassa à base de cimento para áreas internas e externas.

6.4 – Impermeabilização:

As bases inferiores que compõem os painéis de aço galvanizado são revestidas por mantas impermeabilizantes auto adesivas de neoprene, como interface ao concreto da laje de fundação.

As faces externas dos perfis que compõem a estrutura das paredes de elevação externas, e a estrutura do telhado são revestidos com Barreira/Difusor de umidade com característica de evitar condensação interna, garantindo estanqueidade contra presença de água ou umidade (Tyvek – Dupont).